GRAÇA IRRESISTÍVEL (Semana #4)




Quinto sermão da série Calvinismo, pregado pelo pastor Jackson Jacques, na igreja Vintage180, dia 15 de outubro de 2017.

Download PDF

SERMÃO GRAÇA IRRESISTÍVEL (Semana #4)

Série Calvinismo

Bom dia! Bom dia, gente!

Quero dizer uma coisa a quem ama o horário de verão:

– Que você se ferre, que você se lasque! E outra coisa, meu nome é Jackson, sou um dos pastores dessa igreja e sou o responsável por pregar. E eu vou odiar quem ama o horário de verão, eu odeio você sim, eu odeio você. Não, nós ganhamos uma hora! Não existe hora grátis, se ganhou é porque tirou de algum lugar. “Ganho! Ganho! Ah, ganhei uma hora”. Não, negão, se tu ganhaste é porque de algum lugar saiu essa hora. Tá bom? Seu socialista!

Então, nós estamos em uma série de sermões sobre o Calvinismo, e nós estamos provavelmente no ponto mais fantástico que é a Graça Irresistível. Você vai passar a semana inteira com a música chiclete do Kauê. Vai passar a semana inteira imaginando o Kauê cantando, com aquela “cara linda” do dele. Cara linda coisa nenhuma!

Então gente, eu era o maior zombador do evangelho, o maior zombador. Zombava todo mundo, era um babaca. Sou um bobo ainda, mas eu era um pouco mais. Eu me lembro de quando eu tinha meus 12 até os 15 anos, quando colocava apelido em todo mundo. Zombando, tirando sarro, principalmente, de crente. Eu tinha uns colegas crentes, que eu me lembro de que eu tirava sarro fazia piada dos deles. Ah, era crente “daquela coisa” quente. Não, não vou falar isso aqui, não com essas palavras! Eu me lembro de que eu tirava sarro, com os meus amigos e a gente fazia direto isso. Os crentes lá de onde eu morava, passavam e a gente ficava fazendo piada, rindo da cara deles. Até que, em 1998, eu virei crente. Em 1998 eu fui atraído irresistivelmente a Jesus. Não teve como não ir, não teve como não ir a Cristo. Não teve como eu não ir a cristo. Porque eu fui a Cristo, mas porque eu fui atraído de forma irresistível.

Em 1998, e eu já falei isso para vocês 1000 vezes e eu vou falar 1001 vezes, eu fui visitar um discipulado, uma aula tipo a catequese que a gente faz aqui na igreja. Cheguei lá para tirar sarro do pregador, zombar, rir da cara dele. E foi o que eu fiz durante a aula toda, fiquei sentado igual a um imbecil. Sabe como é que imbecil se senta? Sabe? Como o Liscano? Senta assim atirado: “E aí, e yeah-yeah”!? Eu lembro que fique sentado lá tirando sarro: “Ha ha ha ha ha”!! Aí, na hora da oração o Senhor Deus me catou. O Senhor Deus me atraiu a Ele. E foi impossível não ser deslumbrado pela beleza de Jesus, foi impossível! Não sei você, mas eu não tenho como chegar diante de Deus no juízo final e dizer assim: “Ah, Senhor Deus, a minha salvação é obra minha, foi obra minha. Eu fui o decisivo nessa história toda, nessa bagaça toda”. Não tem como fazer isso. Você tem como fazer isso? Você tem como chegar hoje aqui e dizer assim:

– Isso aqui foi obra minha, eu decido, eu escolhi, eu quis. Eu quis escolher Jesus, isso foi obra única e exclusivamente minha

Você consegue fazer isso? Então, o que é a Graça Irresistível? O que nós estamos dizendo? Só que, antes de falar o que é eu preciso dizer para vocês o que não é. O que a Graça Irresistível não é, vou deixar bem claro isso por causa do horário de verão

.

Nós não estamos dizendo que Deus vai nos arrastar contra a nossa vontade, esperneando, para o Reino de Deus. “Eu não quero, eu não quero Jesus”. E Deus vem, sabe!? Minha mãe fazia isso comigo, assim: – “Eu não quero, eu não tô com vontade”. E minha mãe me arrastava, “vem”. A vontade da minha mãe era irresistível na minha casa. Sempre prevaleceu, às vezes, aos gritos. A do meu pai então, ele só olhava, eu tinha que ir ao banheiro, pegar minha calça marrom. Era irresistível. Mas não é isso que a gente está dizendo, que Deus vai arrastar a gente contra a nossa vontade, pro Reino de Deus. Não é isso.

Nós também não estamos dizendo, isso aqui, eu preciso deixar claro, porque vocês terão problemas com isso que eu vou dizer. Nós não estamos dizendo, NÃO estamos dizendo que nós não resistimos. Não sei se ficou clara esta frase aqui!?

Alguns arminianos dizem para nós assim: que de acordo com a Bíblia nós resistimos à vontade de Deus, e concordamos com isso, nós concordamos que pecadores resistem à vontade de Deus. A sua graça, resistem ao Espirito Santo. E nós resistimos ao Espirito Santo constantemente. Apenas estamos dizendo que para os salvos, a tentativa de resistir é frustrada. Ok? A tentativa, a ânsia de resistir para o salvo ela é frustrada. Vou dar um exemplo para vocês. Vocês se lembram de Atos 7.51? “Ah, me lembro, pô Jackson, Atos 7.51, estava lendo ontem”. Então, Atos 7.51, o que estava acontecendo ali? Vocês se lembram, né? Estêvão está pregando, está pregando o evangelho, e ele diz assim:

– Vocês resistem ao Espirito Santo constantemente -Às autoridades judaicas-

Daí o cara é calvinista e o cara lê isso, e fica em crise. Não, a questão é que aqueles caras resistiam constantemente. Só que Paulo no capítulo 9, cai do cavalo e não tem cavalo nenhum em Atos 9. Porque ele cai do cavalo? Não tem cavalo nenhum ali, não tem cavalo. “E, na série que eu vi, ele estava a pé”! Tô brincando, mas podia estar a cavalo mesmo. Mas não tem cavalo nenhum em Atos 9. A questão é que, em Atos 9, ele não consegue resistir. Isso quer dizer que uns vão resistir à Graça de Deus, na verdade, todos resistem. Mas os eleitos, os predestinados, eles resistem até um ponto. Até o momento em que Deus deixa que eles resistam e impede que eles resistam. A questão é que a graça é resistível até o momento que ela não é mais.

A graça é resistível? É, até o momento que ela não é mais. O que a gente está querendo dizer com Graça Irresistível? Aí, o que eu vou falar para vocês agora, é teologia sistemática simples, pura, purinha, comum:

– A primeira coisa que estamos dizendo ao afirmar que a Graça é irresistível, é que existem dois chamados na Bíblia. Escreve aí, escreve aí, vai ser bonito. Para um pouquinho, empresta um pouquinho esse bloco aqui, empresta esse bloco (O Jack pegou o bloquinho de algum irmão). Cara, quem tem um bloco desses? Esse é um bloco muito balaca. Que bloco balaqueiro! Todo mundo escrevendo nas folhas desgraçadas aí. A questão não é nem ter um bloco desses, e sim se lembrar de trazer. Se eu tenho um bloco desses eu ia viver frustrado porque eu nunca ia lembrar de trazer ele. Legal meu! Esse ai deve gostar do horário de verão! Então, vamos lá. Existem dois chamados, dois chamados de Deus. Está bom? O primeiro chamado, o chamado geral, é destinado a todos. A gente encontra isso em Mateus 11: “vinde a mim vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vós aliviarei”. Encontramos Jesus falando, em João, “se alguém tem sede, venha a mim”.

O primeiro chamado é geral, é para o mundo todo. E nós chamamos esse chamado geral de pregação. A pregação é um chamado geral e para todos, para todo mundo. Você precisa entender, o chamado geral é a pregação do evangelho, você não vai pregar o evangelho só para os eleitos, vai pregar para todo mundo: réprobo, eleito, blasfemo, para todo mundo. Porque o chamado de Deus é geral, é para todos.

Mas existe um segundo chamado que nós chamamos de chamado eficaz ou graça irresistível ou vocação eficaz. Eu prefiro chamado eficaz, eu prefiro, eu acho o nome “Graça Irresistível” ruim. Como eu disse para vocês, os caras que colocaram os nomes no negócio do calvinismo, eles queriam fechar a TULIP para ser fácil de memorizar, então eles usaram esses nomes. Mas eu acho que a pior propaganda do calvinismo é o nome, porque Graça Irresistível, a pessoa já entende que nunca pode resistir à graça.

Então o chamado eficaz ou graça irresistível é a mesma coisa. O que é esse chamado eficaz ou graça irresistível? É um chamado interno. É um chamado que acontece dentro do homem quando ele ouve o evangelho, quando ele ouve a pregação do evangelho. Quando ele ouve a pregação do evangelho acontece um chamado dentro dele. Deus está chamado pecadores externamente ao arrependimento. Mas no momento que Deus chama externamente acontece um milagre naqueles que foram eleitos. E Deus os chama, vocaciona eles internamente para que eles venham para o evangelho. É forte este chamado, Jack? É. Por quê? Porque é Deus quem chama. Então o chamado eficaz é extremamente forte!

Olha estes textos comigo. Vocês podem só ouvir ou podem pesquisar rápido, comigo, que eu vou ler eles rápido:

João 5.25: “Em verdade, em verdade vos digo que virá a hora, e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão”. Jesus está falando da ressurreição dos mortos? Provavelmente ressurreição dos justos, mas ele também, aqui, está falando da ressurreição espiritual.

João 6.45: “Portanto, todo aquele que ouviu e aprendeu do Pai vem a mim”.

João 8.47: “Quem é de Deus ouve as suas palavras; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Deus”. Quem é de Deus ouve a palavra de Deus. Mas todo mundo ouvindo a pregação de Jesus. Não, é que é uma audição, um chamado interno.

João 10.26,27: “Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. Estas ouvem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem”.

João 18.37: “Foi para isso que nasci e vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”.

Chamado eficaz! Tem um texto bacana em que o texto não está falando dele propriamente dito, mas é uma ótima ilustração para isso: João 11. Jesus é avisado de que Lázaro, seu amigo, está doente. Ele se demora um pouco e quando ele vai chegando à Betânia o amigo dele está morto. Jesus chora, lamenta, sente a dor, porque nós temos um Deus que sofre também. E ele chega e diz: -Não, mas olha ele vai ressuscitar-. E a irmã de Lazaro diz:

– Eu sei, Senhor, ele vai ressuscitar no último dia.

Ele diz: – eu não te disse se crer verá a glória de Deus”?

Ele chega ali onde Lázaro está morto em um cemitério, um sepulcro, dentro de um local sepultado e tem outros mortos ali. E a voz de Jesus chama Lázaro, e Ele diz a seguinte palavra:

– Lázaro, vem para fora.

Lázaro, morto, se levanta volta à vida, e vem. Porque que Jesus não diz “vem para fora”, apenas? Por que se ele dissesse isso, o poder de Jesus é tanto que todos os mortos viriam para fora. Então, ele tem que dizer para Lázaro e somente Lázaro ouve a voz e levanta. Assim é a graça irresistível, você e eu estávamos mortos, Efésios 2 diz isso, mas Jesus nos chamou, chamou você. É como se estivessem caminhando, o Daniel e a Ingrid, eles estão caminhando os dois e, de repente, alguém grita: Daniel! E, a Ingrid nem ouve, nem ouve. Não é com ela e sai caminhando, com essa roupa de carioca. E o Daniel vira assim:

– Opa! Qual é? Qual é parceiro? Se vira, assim, por quê? Porque o chamado foi eficaz.

George Whitefield, dizia que a nossa situação antes da conversão não é desesperadora, é pior do que isso. Pior! Jesus chama de forma específico Lázaro. O chamado de Deus é o que produz a vida espiritual.

Dobre a sua atenção agora: quem atende apenas o chamado externo, à pregação, ele faz parte, ele passa a fazer parte da igreja visível. Aqueles que atendem ao chamado espiritual, ao chamado interno, faz parte da igreja invisível. Ouvir o chamado externo nos une aos membros da igreja visível. O segundo chamado, o interno, nos une a Jesus e a todos os que nasceram de novo. O primeiro chamado, o externo, nos dá o entendimento intelectual apenas. O segundo chamado, ele vem da fé que é produzida pelo poder do Espirito.

O primeiro chamado pode fazer de nós moralistas, conservadores políticos. Mas o segundo chamado nos leva a triunfar sobre o pecado. O evangelho é oferecido a todos pela pregação do evangelho. Daí você pergunta para o irmãozinho da armênia: “O armênio, me diz um negócio aí, por que não é todo mundo que ouve”? O arminiano vai dizer que não são todos que ouvem por causa do indivíduo. A razão, o motivo, está no indivíduo.

O calvinista vai dizer:

– Não, a razão está em Deus que vai chamar internamente a eles. Sem precisar de missionários, pois Deus chama índios internamente.

Chamado eficaz? Isso é sério, chamado é se Deus quiser. Um dos heróis da fé, ele estava tão angustiado com missões, que ele chega pra junta da igreja, para os obreiros, e dizia:

– Nós precisamos pregar o evangelho para os índios!

Aí os presbíteros dizem:

– Se Deus quiser salvar eles, Deus salva lá, do jeito de Deus. Vamos ficar aqui, tá tão gostoso, tão bom!

Não! A pregação é essencial, porque é através da pregação, do chamado externo, que Deus gera o chamado interno. É fundamental! Rm 10.14: “Como crerão em quem não ouviram?” Você estava morto! Você tava morto, cara! Você não fez nada por merecer. Você se lembra do dia que caiu a ficha? Que dia que deu aquele estalo? Por que que eu não pensei nisso antes? Porque eu não entendi isso antes? Por que eu não amei isso antes? Porque tu não tinhas sido chamado ainda! Porque a voz de Deus não tinha ecoado como um trovão dentro de você! Isso foi o Espirito Santo trabalhando em você!

Parecia que era você, porquê você é um tolo como eu. Mas não era, é o Espirito Santo! Deus estava trabalhando internamente em você. Porque é tão maravilhoso estudar o calvinismo, as doutrinas da graça? Porque toda vez que você vê alguém dizer: “Ah, o calvinismo”, esse aí tá à fim de treta! Quando você ouvir, “nós estamos estudando as doutrinas da graça”, esse já não quer brigar! Então nós estamos atrás de tretas! Você estuda isso, é fantástico! E pensa no que Deus fez em você. Você começa a entender que foi desse jeito. Isso faz você amar mais a Deus, louvar com mais força, adorar com mais alegria, amar mais o Senhor. Isso, como diz John Piper, isso aumenta tua experiência com a graça de Deus? Aumenta tua alegria, tua devoção a Deus?

Então em primeiro lugar existem dois chamados: O chamado externo e o chamado eficaz ou graça irresistível. O chamado externo, a pregação, quando Jesus fala para todo mundo. A Bíblia está lotada de chamado externo: “Aquele que tem sede vinde a mim”, “vinde a mim aquele que está cansado”. Profeta Isaías fala “venham a mim os que têm fome e sede, venham”. Só que a Bíblia também está lotada de chamado interno. Então os teólogos entenderam que existem dois chamados.

Primeiro, existem dois chamados. Segundo, a Graça Irresistível está ligada à predestinação! Completamente ligada! Romanos 8.30: “E os que predestinou, a eles também justificou”. Então não é todo mundo. Todo mundo foi justificado? Então existe um chamado diferente. “E os que justificaram, a eles também glorificou”. Paulo não diz assim, que o Senhor vai glorificar. A glorificação é a última etapa da santificação que acontece quando, na vida do cristão? Quando ele vai para o céu, quando ele morre.

Então, o primeiro ponto do calvinismo é a depravação total. Isso não está falando da obra de Deus, a depravação total está falando da nossa obra. A obra da salvação começa no segundo ponto: a Eleição Incondicional. Quem elege? O Pai elege. Aí existe a expiação limitada. O Pai elegeu algumas pessoas que seriam salvas. Jesus vem em resgate por essas pessoas. Quarto ponto é a Graça Irresistível: o Espirito Santo, agora, vai aplicar essa obra que Jesus fez, na vida dos predestinados, os eleitos. Romanos 8.30, depois de nos eleger, o Filho morre por nós, os eleitos. Mas, agora, o Espirito Santo nos chama para a salvação com o chamado interno, aplicando a obra de Cristo em nós. É uma obra trinitária, na verdade, é uma aplicação da obra de Jesus na vida do crente. Por isso que podemos falar que foi o Espirito Santo que fez isso. Todos os que foram predestinados serão chamados, e todos que foram chamados serão justificados. E todos serão glorificados. É tão certo que isso vai acontecer, a glorificação, que Paulo coloca isso no passado, é certo!

Porque muitos resistem ao chamado externo? Porque eles não foram predestinados. Porque esse chamado só acontece com aqueles que foram predestinados. Romanos 8.30. Os chamados são apenas aqueles que foram predestinados. Os predestinados não conseguem resistir até a morte a graça de Deus. A graça só é irresistível para os eleitos. Só! A boa notícia aqui, é que se Jesus salvou você, ele pode salvar qualquer um. Qualquer um pode ser salvo.

Você pode sair e pregar o evangelho. E você pode saber, no seu serviço que, se você começar a se relacionar com não cristãos e começar a viver uma vida missional no meio deles e ir pregando o evangelho naturalmente, enquanto você vive com eles, Deus pode os chamar à fé. E se eles forem eleitos, Deus vai chamar eles, eles serão salvos, serão alcançados. Isso vai dar uma tranquilidade para você. Ainda que você seja frágil. A grande dúvida é, “será que eu consigo falar de forma eficaz”? Você pode ficar tranquilo, por que não é o jeito de falar. É porque o chamado acontece de forma interna. Você pode pregar mal pra caramba e Deus pode fazer coisas grandiosas em você. O Billy Graham prega muito mal! Ele é ruim. Todo mundo fala que ele é bom, não pode! Ele é muito fraco pregando. E milhões e milhões de pessoas no mundo dizem “fui salvo numa cruzada do Billy Graham”. Como isso? Porque Deus pega um cara como ele? Sermãozinho como Max Lucado. Mas por que isso? Porque tantas pessoas se convertiam ouvindo Billy Graham? Porque o chamado é interno. Não tô falando que não tem coisa boa no Billy, tem sim! Tem muitos sermões bons. Eu gosto do Billy Graham, tenho até livro dele em casa.

O chamado é interno, é Deus quem chama as pessoas. Você pode pregar o evangelho pros teus vizinhos. Você pode pregar e chamar todo mundo, alguém vai ouvir! Você pode se levantar no palco da existência, se tivesse o principal palco em Porto Alegre, você pode se levantar e pregar lá. Alguém vai ouvir, você não vai ficar sozinho, no final do dia você não vai ficar sozinho, alguém vai ouvir o evangelho. Por que os missionários calvinistas iam aos locais mais inóspitos da terra e ficavam pregando, pregando? Às vezes, demorava 12 anos, mas alguém vai se converte, eles sabiam disso, por que o chamado é interno.

Com isso eu pergunto para você: Para quantas pessoas você vai pregar essa semana? Para quantas pessoas você vai pregar o evangelho? Vamos fazer uma conta rápida aqui: Nós temos 30% de evangélicos no Brasil, digamos que todos esse 30% sejam salvos, eu acho difícil [riso irônico] a cada 10 só 3, você tem noção que se você pregar pra 5 pessoas, uma no mínimo, pode vir à fé, pode vir ao evangelho? Sabe por que você não vê conversões? Porque você não prega! Você não vive uma vida missional. Você não se mistura, não vive a vida das pessoas. Muitas pessoas querem ganhar as pessoas para Jesus, sem viver uma vida junto com os perdidos.

Há um grande problema com o evangelismo em massas, qual é? As pessoas querem vir, pregar e ir embora sem se envolver com os dilemas das pessoas. Isso não existe, não existe! Quando Jesus vem pregar para nós, Ele se faz homem, Ele encarna as nossas dores, as nossas angústias! Se quer pregar pros teus colegas de trabalho ande com eles, chore com eles, convide eles pros eventos familiares, sociais da tua casa. Convide ele para jantar, marque um churrasco. Gastar tempo com essa gente foi isso que Jesus fez.

Em primeiro lugar, nós estamos dizendo com Graça Irresistível, que existe dois chamados. Em segundo lugar, nós estamos falando que a Graça Irresistível está ligada com predestinação, conforme diz Romanos 8.30: “E os que predestinaram, a eles também chamou; e os que chamou, a eles também justificou; e os que justificou, a eles também glorificou”. Em terceiro e último, estamos dizendo com Graça Irresistível, que nada mais é que Regeneração!

A confissão de fé de Westminster, Cap. 10, v. 01: “Todos aqueles que Deus predestinou para a vida, e só esses, é ele servido, no tempo por ele determinado e aceito, chamar eficazmente pela sua palavra e pelo seu Espírito, tirando-os por Jesus Cristo daquele estado de pecado e morte em que estão por natureza, e transpondo-os para a graça e salvação. Isto ele o faz, iluminando os seus entendimentos espiritualmente a fim de compreenderem as coisas de Deus para a salvação, tirando-lhes os seus corações de pedra e dando lhes corações de carne, renovando as suas vontades e determinando-as pela sua onipotência para aquilo que é bom e atraindo-os eficazmente a Jesus Cristo, mas de maneira que eles vêm mui livremente, sendo para isso disposto pela sua graça”.

A Graça Irresistível nós podemos explicar dessa forma: “Você está cego, cai as escamas dos teus olhos, e você contempla a coisa mais bela que você já viu em toda sua vida, que é Deus! E a beleza de Deus atrai você e todos, não existe nenhum que contempla a beleza do Criador que não seja graciosamente atraído até ele”. 2 Coríntios 4.4, diz: “entre os quais o deus deste século cegou a mente dos incrédulos, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus”. O diabo cega aproveitando a natureza humana pecaminosa do homem, a natureza é cegada, o homem não contempla a beleza do Criador. O homem contempla outras belezas, e a beleza sempre atrai a gente. O pecador precisa ver a beleza do Criador!

O pecador precisa ver a beleza do criador, eu quero mostrar para vocês um vídeo aqui um bodybuilding de 66 anos, – é aqueles caras que ficam puxando ferro –, é um coroa, um tiozão coroa forte, meio pançudo meio forte, ele é daltônico e ele ganha, no seu aniversário de 66 anos, um óculos que ele consegue ver as cores da natureza, as cores da criação, ele passou 66 anos vendo o mundo em preto e branco, eu quero mostrar para vocês, eu quero que vocês vejam.

[Vídeo] https://www.youtube.com/watch?v=E-9pDuMpauI

Isso é Graça Irresistível, isso é chamado eficaz, isso é regeneração, o Espírito Santo nos regenera nos dando uma nova natureza e, a partir de então, nós passamos a agir de acordo com essa nova natureza, a beleza de Deus é irresistível. Calvino nos diz que nós teremos novos afetos então, passamos a amar o que Deus ama e a odiar o que Deus odeia. Eu termino pra vocês perguntando aqui, essa manhã, o que mudou em você? O que mudou na tua vida? Os teus desejos mudaram? Você passou a amar a santidade e odiar o pecado? A tua natureza foi mudada? Você passou a ter fome e paixão por Deus? Eu encerro com alguns textos, alguns novos e outros que eu já li no começo do sermão:

Ezequiel 36.26: “Também vos darei um coração novo, e porei um espírito novo dentro de vós, tirarei de vós o coração de pedra e vos darei um coração de carne”.

João 5.25: “Em verdade, em verdade vos digo que virá a hora, e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão”.

João 6.44,45: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos Profetas: E serão todos ensinados por Deus.* Portanto, todo aquele que ouviu e aprendeu do Pai vem a mim”.

João 8.47: “Quem é de Deus ouve as suas palavras; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Deus”.

João 10. 26.27: “Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. Estas ouvem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem”.

João 18.37: “Foi pra isso que eu nasci e vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”.

Atos 16.14, ficou o melhor vinho para o final, esse texto é brutal demais: “Uma das mulheres que nos ouviam, chamada Lídia, vendedora de tecidos de púrpura, da cidade de Tiatira, era temente a Deus. O Senhor lhe abriu o coração para acolher as coisas que Paulo dizia”. O Senhor abriu o coração de Lídia pra acolher as coisas que Paulo dizia, alguns vão dizer assim, “ah, Jackson, eu creio na vontade de Deus”. Ok, Romanos 9, diz: “Quem pode resistir a vontade de Deus”. Quem pode?

1João 5.1, dobre a sua atenção: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus”. Nota bem, “todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus”. Esse nascimento espiritual acontece antes. Eu quero dizer antes, se fizer uma pergunta, todos irão dizer, “não, eu sou calvinista, eu sou calvinista de 5 pontos”, vai tatuar os 5 pontos no antebraço, mas cara, o que adianta você simplesmente crer se você viver como se isso dependesse de você? Eu estou pregando aqui essa manhã para pessoas que estão extremamente angustiadas pelos seus pecados porque, na prática, você vive como um arminiano, como se a salvação em algum momento, uma parcela dependesse de você. Eu quero dizer essa manhã: não depende, não depende de você, é apesar de você! É pecado você pensar que a salvação depende de você, depende das tuas obras. Não, você faz obras porque você é salvo, não para ser salvo, não para ser aceito. Família de Deus não é desse jeito que você é aceito.

A boa notícia é que existe perdão para esse pecado horrível, que tanto ofende a Deus. O problema desse pecado, é que ele tem uma cara de santidade, ele tem uma cara de beleza, porque parece que você é piedoso. “Nossa, ele está preocupado com a salvação dele”. Certo pregador, ele pregava o evangelho e ele foi considerado a dar um testemunho, ele é um senhor muito idoso, ele começou a dizer que o Senhor Deus o salvou, o regenerou, o limpou, o transformou, o quebrantou, ele foi falando o que Jesus fez na vida dele, até que depois que aquele senhor idoso desceu do púlpito, um homem chegou para ele, mais jovem, mais impetuoso, e disse assim: “o senhor errou, o Senhor errou com o que o senhor falou, o senhor deveria ter falado o que o senhor fez também, porque a salvação é Deus fazendo a parte dele e nós fazendo a nossa parte”. Quantos não pensam assim né? Quantos não falam esta blasfêmia. Faça a tua parte e Deus faz a dele. Ai o senhor idoso olhou para aquele jovem, moralista e disse: “Ah! Meu jovem me desculpe o senhor estou certo, eu deveria ter falado o que eu fiz”. O jovem, “então porque o senhor não falou”? “Mas eu posso te dizer o que eu fiz, eu fugia, Jesus me buscava; eu pecava, o Senhor me perdoava; todas as minhas obras que contribuíram para a minha salvação foi apenas o meu pecado. Graça Irresistível!

Vamos ficar em pé gente? Eu quero orar por você, que confessa uma teologia calvinista, mas é angustiado demais, desesperado demais, eu quero que você lembre-se do que Deus está fazendo em você. Rapaz me perguntou ontem, “você acredita mesmo que você é salvo, que você é eleito”? Com certeza. Por causa de Jesus. É impossível eu olhar para Jesus, eu olhar para as páginas da Bíblia e eu não ter certeza de que eu sou salvo. Ele é um salvador muito poderoso, ele é um salvador muito gracioso, ele é um salvador muito misericordioso, ele já salvou pecadores terríveis. É impossível, é impossível eu não ser um predestinado por causa de Jesus, não de mim, por causa do que Jesus é, do que Jesus faz. Você precisa, a partir de hoje, ir para casa tendo uma experiência superior com a Graça de Deus. Você precisa ter uma experiência muito mais elevada com a Graça de Deus, lembre-se desse senhor, quando colocou esses óculos, ele passou 66 anos da vida dele vendo o mundo em preto e branco, assim foi conosco quando olhamos e vemos através da lente do Espírito: a beleza de Jesus é irresistível, é irresistível!

Pastor Jackson Jaques

15 de outubro de 2017