FAÇA GUERRA CONTRA A DEPRESSÃO (Semana #9)




Nono sermão da série FAÇA GUERRA, pregado pelo pastor Jackson Jacques, na igreja Vintage180, dia 04 de março de 2018.

Download PDF

 FAÇA GUERRA CONTRA A DEPRESSÃO

Bom dia irmãos, que o eterno Deus e bondoso Senhor Salvador Jesus Cristo, o Deus pai, Espírito Santo nos abençoe e seja conosco aqui nessa manhã. Eu sou o Jackson, um dos pastores dessa igreja, e nós estamos em uma série Faça Guerra. Então eu já quero dar um F5 para vocês, nós estamos aqui no penúltimo sermão da série sobre faça guerra com base em alguns livros. Vou pedir que todos prestem muita atenção aqui gente, depois semana que vem, encerramos a série se Deus permitir, depois nós teremos uma semana sem série alguma, e depois nós entramos no domingo de ramos, vai ser o quarto domingo de ramos que já comemoramos aqui na Vintage, um domingo antes da Pascoa. O que é o domingo de ramos? As pessoas ficam perguntando assim, isso é coisa de católico romano? É, também, anglicanos comemoram, algumas linhas de igrejas luteranas comemoram também, é uma semana antes da páscoa, culto aqui na sexta da paixão, sexta-feira santa. Ah, mas mais um culto? Fica tranquilo cara, é dois cultos na semana, uma semana por ano, você vem de uma igreja que tinha quatro cultos na semana, ai nesse você vai vim, na sexta-feira nós teremos o culto sobre a morte de Jesus, e no domingo teremos o culto da ressurreição, tá bom?! Depois disso, nós entraremos em uma série, mamilos polêmicos, cantares de Salomão, os prazeres do sexo em cantares de Salomão, a Bíblia ela tem um livro que fala sobre isso, e vai ser uma benção, palavra de Deus, é Bíblia, aleluia! Vai ser um avivamento, já temos sete grávidas aqui, vai ser um avivamento nessa igreja, os solteiros vão tudo adiantar o casamento. Em uma série, hoje eu quero falar para vocês o titulo só deixando claro, não vai ser os prazeres sexuais, o título da série vai ser “O rei e a camponesa”, tá bom?! Vai ser muito legal, precisaremos de gente para ajudar na decoração e outras coisas.

Então, nós estamos em uma série “Faça Guerra”, e hoje eu quero falar, fazendo guerra, fazer guerra contra a depressão, nós vivemos em um período onde o mundo que nós estamos vivendo está sendo invadido, inundado por casos de depressão, ainda que nós temos o comércio da depressão, uma época onde catalogar doenças é um ótimo negócio para indústria farmacêutica, nós não podemos negar que a depressão é um fato no mundo que nós estamos vivendo. Garanto que há anos atrás não tinha caso de pastores se suicidando, você não ouvia um caso desses, quando ouvia era um escândalo, falar o evangelho para nós, eles estão quebrados, depressivos. Só esse ano, eu já conheço, estamos em março, só esse ano já tem dois casos de pastores que eu conheço, que se suicidaram. Então nós estamos vivendo em momentos terríveis. Eu, para ser sincero com vocês, já tive momentos de abatimentos muito profundos e provavelmente provei das águas terríveis da depressão. Só que quando você fala sobre depressão, você prega, e aconselha que as pessoas precisam lutar contra depressão, o argumento que eu escuto das pessoas que estão sofrendo de depressão, ou de um simples abatimento, ou de um simples desanimo, que as vezes não é tão simples assim, o que eu escuto é o seguinte: “tu manda eu lutar contra depressão mas eu não tenho como”, mandar um depressivo lutar contra depressão é a mesma coisa que mandar alguém que esta com a perna quebrada correr, nesse meio tempo é que nós, a igreja, não temos as respostas para dar o mundo. A cultura moderna hoje, eles chegam a cultuar os psiquiatras como seres infalíveis e eu quero já deixar de antemão aqui que eu não tenho nada contra psiquiatra, eu não acredito que psiquiatra é coisa para louco, eu não tenho nada contra psiquiatra, psicologia, eu apenas não nutro por esses profissionais uma admiração cúltica, eu acredito que eles são necessários, em alguns momentos. Na aeronáutica eles tem tratamento com pessoas que teve algum trauma com missões, deve haver né, e isso é um trabalho fenomenal. Só que o problema é quando nós olhamos com um olhar quase que divino para essas pessoas. Eu já falei para vocês que um pastor amigo meu de Novo Hamburgo, uma jovem, vizinha da igreja, ela foi estuprada, ela é doente mental, e os vizinhos da igreja, foi estuprada por um parente, os vizinhos da igreja são muito amigos do pastor, eles pediram que o pastor acompanhasse a mãe e a filha junto com esse psiquiatra, e o que o pastor me contou, eu fiquei apavorado: “Jackson, o método que eles estavam lidando ali naquele quadro, era um método extremamente aleatório, eu comecei a ver com uma, tu é pastor tu sabe, com uma, duas, três consultas que a psiquiatra estava perdida, e eu chamei ela e perguntei, qual método que tu esta usando? O que tu pretende fazer daqui a três, quatro consultas? Ela não tinha, ela ia fazer perguntas aleatórias!”. Eu sei que existem bons profissionais que não fazem isso, mas eu também sei, vivendo já mais de 20 anos no evangelho, que a época que nós vivemos a cultura ela mentiu que a igreja, que a Bíblia, que os pastores não tem resposta para doenças mentais ou doenças psicossomáticas.

A minha tese, a forma como eu enxergo é que, essas pessoas, esses profissionais eles são extremamente necessários, só que a igreja possui respostas e muitas vezes respostas melhores, a questão é que muitas vezes nós quando estamos vivendo um problema, nós não queremos ajuda, nós queremos apenas um aplauso ao nosso dilema, nós queremos apenas pessoas que nos admirem por estarmos passando por certos problemas, nós não queremos lutar, nós não queremos guerrear, nós queremos apenas pessoas que nos aplaudam, e digam assim “nossa como você sofre bem”. Se você não é desse time, se você é alguém que quer lutar contra depressão, esse começo de 2018, se você é alguém que quer lutar contra o abatimento, o desanimo, esse sermão é para você. Lloyd-Jones diz, dizia no seu livro Depressão Espiritual que a maior razão porque os cristãos não fazem nenhuma diferença no mundo de hoje, é porque vivem em uma condição de depressão espiritual, diz ele que a maior necessidade hoje é de uma igreja reavivada e alegre, Lioyd-Jones foi um pastor na capela de Westminster, na Inglaterra, e eu não sei se você sabe, ele era médico, e ele era o médico da rainha, ele abriu mão de ser o médico da rainha para ser um pastor. Então, não apenas um aventureiro falando sobre depressão, compra esse livro, “Depressão Espiritual”, me de um de presente eu não tenho, vou ficar muito feliz, já quero dizer para vocês que foi acumulando, as contas foram chegando e eu tenho 549,00 de livro para comprar, 9,00 aqui ó, falta só 540,00, eu vou ficar feliz, mas esse livro compre para você, compre um para os irmãos, a capa é feia pra caramba tá bom, ignore. Mas o conteúdo é muito bom. Ele fala nesse livro sobre a depressão espiritual.

David Brainerd também, eu li um livro dele, foi um missionário século XVIII, ele era um homem que era extremamente invadido por depressão, ele conta que depois de cristão ele continuava deprimido, só que agora ele havia uma fortaleza dentro dele. Spurgeon com 24 anos de idade, ele conta que um período, já era pastor, já era o São Spurgeon, ele tinha crises de choros tão intensas que ele ficava às vezes um dia inteiro chorando, ele não sabia o por que estava chorando, depressão. John Piper diz, e se John Piper diz você tem que prestar atenção, que os estudos sobre o cérebro estão ainda em fazes iniciais, ninguém pode dizer que uma fé robusta na Palavra de Deus não nos da vitória contra depressão, ninguém, nem um estudioso de depressão, porque eles não sabem ainda o bastante, o Piper continua dizendo, e ele diz que a confiança, ele diz que com certeza saberemos disso na eternidade, que a confiança na Palavra de Deus pode sim produzir até meios físicos de saúde mental. Então, não Jack o meu problema de enzimas no cérebro, ela é menos de 1%, é minúsculo, mas ainda assim, a palavra de Deus pode fortalecer você, e com isso eu não estou dizendo que você vai parar de tomar remédios, antidepressivos, se foi receitado para você tomar, continue tomando, não estou dizendo para você parar de tomar remédios que foram receitados por profissionais, porque você não quer aplauso pelo teu sofrimento, se você não quer admiradores, não quer plateia do sofrimento, se você quer se livrar dessa joça, quero me livrar dessa angústia, se você realmente quer se livrar disso…

Em primeiro lugar anote aí, faça guerra contra a depressão com a Palavra de Deus, não Jackson isso ai é batido demais, tem gente que quer um sermão que o cara tire um coelho da cartola, cada ponto do sermão, não! Primeiro lugar, basicão, lute, faça guerra contra o abatimento com a Palavra de Deus, você começa a perder a guerra quando você não tem uma arma, então já quero deixar para você aqui, eu não sou desarmamentista, glória a Deus. Ah, mas eu sou pastor, seja você, não tem problema não encha meu saco, entendeu. Eu sou a favor de arma, sou a favor de se armar, tenho curso de tiro, apesar de ser estrábico atiro bem, então eu gosto disso, claro que eu não atiro que nem o Arthur ali e sua esposa, atiradora “Ramba”, né. Então assim, é obvio, mas você perde uma guerra se você não tem uma arma.

Nessa noite, na noite passada a Camila foi entrar no Uber, e o Uber foi assaltado. Por que o Uber foi assaltado? Por quê? O cara assaltou ele com um 38, desculpa quem ama 38, mas 38 é uma porcaria. Estou brincando, é legal, seis tiros bonitos e acabou ali, acabou tua esperança, mas o cara com um “tamborzinho” de 6 tiros assalta e rouba teu carro. Por que isso? Porque as pessoas na volta não tem uma arma, se você esta ali com uma bazuca e o cara vai assaltar e tu explode ele, imagina, para glória de Deus explode ele, explodindo saindo fumaça da cabeça do cara. “Cadê a cabeça do ladrão? Explodimos ela”, que alegria, porque? Porque você tem uma arma, você tem um tiro, pode atirar, imagina uma metralhadora, segurando aquela metralhadora do Rambo com uma mão só, a munição na outra, imagina ninguém faz aquilo, vai mentir para o capeta, mas ele tinha uma arma. A questão é que estamos em uma guerra, uma guerra espiritual, e em uma guerra contra depressão, você precisa ter armas, você precisa de um pequeno arsenal! Deixa eu explicar uma coisa, é madrugada e você ouve um barulho, o Arthur levanta assim, fique ai meu amor, vou resolver isso, ele já solta aquela cadela dele que tem uma cara de louca (o Arthur tem uma cadela que cheira cocaína, é terrível, ela parece o pica pau louco, aquele primeiro). O Arthur não vai pegar uma bazuca, não, tem que ser algo rápido, mas eu só tenho o .22 enferrujado da vovó; às vezes é útil pequenas armas, um pequeno arsenal a sua mão, você precisa ter textos decorados da escritura, pequenas porções do evangelho, olha o que diz o Salmos 73.26:

“Meu corpo e meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza da minha vida e minha herança para sempre.”

Bah, negão pera aí um pouquinho, olha o que o salmista esta falando, a gente pega e lê isso aí “meu corpo e meu coração desfalecem”, ããii, a gente não para só um pouquinho, tem algo muito errado com o salmista aqui, ele esta passando por uma crise que esta afetando o corpo dele, a tristeza e a angustia já é tão grande sobre a vida dele que já estão invadindo as áreas físicas, o corpo esta mostrando que tem algo errado com a alma, que o salmista diz, “mas Deus é a fortaleza da minha vida e minha herança para sempre”, o salmista tem depressão! O salmista está abatido, mas ele se volta para o Senhor. Olha o outro Salmo 19.7:

“A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos simples.”

Eu pergunto para você, onde está a restauração dos teus sentimentos? O salmista esta dizendo que está na bíblia, na Palavra, ele encontra alegria aqui. Se a tua alegria esta no dinheiro, hoje você esta alegre, amanhã não estará; se a tua alegria está nos teus filhos, quando eles fazem algo errado, talvez tua alegria já não esteja mais neles; quando eles forem embora, eles vão ir, não adianta uma esposa é muito mais legal do que a mãe, eles vão deixar você, eles vão ir embora. Tem um texto de 1 Samuel 30, nós lemos ontem lá em casa, e eu amo demais esse texto, olha bem, verso 6, então quero que preste atenção nele:

“Davi também se angustiou, pois a tropa falava e em apedreja-lo, porque toda a tropa estava amargurada por causa de seus filhos e de suas filhas. Mas Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.”

Salmista perseguindo Davi, Davi tem um grupo de 600 caras, uma tropa, e esses 600 caras estão com Davi nas lutas em suas batalhas, estão protegendo Davi, só que em uma luta quando eles saíram, um exército veio e roubou todas as riquezas da tropa, roubaram as mulheres, cachorros, camelos, roubaram tudo, os filhos, e quando eles voltam tudo foi roubado. A tropa olhou para Davi e disse assim: isso só esta acontecendo com nós por causa desse cara, e os caras começaram a falar em apedrejar Davi, você imagina os teus amigos, falando em te apedrejar. “Ai Jackson já passei por isso”, apedrejamento virtual? Vai plantar batata! Eu não estou nem aí, “ele deu um não gostei no meu post no meu Facebook”, não estou falando disso, estou falando de pedra – do grego pedra -, do hebraico nesse caso né. Os caras estão pensando assim, vamos apedrejar ele, seria legal, enterra deixa só a cabeça de fora e vamos apedrejar ele, seria interessante. Isso deixa Davi angustiado, porque os caras que ele conta, os amigos dele, a congregação dele, o time dele, estão indignados com ele, e o texto diz: “mas Davi se fortaleceu no Senhor, seu Deus”. Se teus amigos pensassem em te apedrejar, você iria ficar chateado? Quando as coisas não estão bem na sua vida, você se fortalece onde? Onde está tua fortaleza? Não importa da onde vem a sua depressão, abatimento, desanimo, não importa da onde venha, não importa se é físico, emocional, não importa se é um trauma do passado, o diabo vai querer usar isso para destruir você, ele vai usar isso!! O trabalho do diabo é tirar a tua fé, olha só, é bíblia, esqueça o que os novos reformados falam, eles ignoram a pessoa do diabo, sendo que a escritura não ignora. Então Jesus chega para Pedro e diz assim: Pedro o diabo te pediu esse noite, o diabo pediu para te peneirar como trigo, ai Jesus diz: mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça. O que que é que o diabo pediu, o que que o diabo queria tirar de Pedro? O próprio texto de Jesus revela, porque Jesus diz “mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça”, o que o diabo quer tirar de Pedro é a fé, o John Piper diz que o diabo tem uma peneira, aonde ele coloca os cristãos e ele meche essa peneira, e o intuito é que a nossa fé passe pelos furos dessa peneira, e nós viemos perder a nossa fé. Jesus roga para que Pedro não perca a sua fé, o diabo quer tirar a tua fé para que você se esqueça da Palavra. Olha o que diz esse outro salmo 30.5:

“Porque sua ira dura só um momento; no seu favor esta a vida. O choro pode durar uma noite, mas o cântico de jubilo vem de manhã.”

O diabo vai pegar os seus problemas, as suas angústias, ele vai super dimensionar essas coisas para que você pense que a noite dura para sempre. O salmista esta dizendo, “o choro dura uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. O diabo vai trabalhar constantemente para que você pense que você não está em um túnel, mas para que você pense que está em uma caverna; que não há saída do outro lado.

Você luta contra depressão, você guerreia contra depressão olhando em primeiro lugar para palavra de Deus, meu conselho é que você tem que ter pequenos trechos da escritura. Você não vai pegar ali um fuzil, um lança granada, imagina, não, você precisa de pequenos trechos da escritura na mão, “pastor eu estou decorando o salmos 119”, você não vai conseguir, são muitos versículos, você precisa de textos para se lembrar no momento da angústia. Salmos 16.11 eu amo esse salmo:

“Tu me farás conhecer o caminho da vida; na tua presença há plenitude de alegria, à tua direita há eterno prazer.”

Esse texto é para mim, você tem que olhar o Salmo 16.11 e dizer “é meu, eu tomo posse, aí pode”. Me lembro agora quando nós perdemos nosso bebê, a Talita vinha recitando a pergunta nº 1 do Catecismo Nova Cidade: “Qual a nossa única esperança na vida e na morte? Que nós não somos de nós mesmos, mas pertencemos corpo, e alma na vida e na morte a Deus e ao nosso senhor e salvador Jesus Cristo.” e ela vinha recitando isso, as lágrimas rolam, se recita o catecismo, se lembra, eu pertenço à Deus, as minha dores estão nas mãos de Deus, você tem um arsenal, você tem armas, você luta, você não se prostra diante da depressão. Você vai sofrer, eu pergunto para você quando a depressão vem, quando o abatimento vem, para onde você corre? Para onde você vai? Nós conhecemos os cristãos não nos seus melhores dias, mas nos seus piores dias! Você terá dias maus, efésios diz capitulo 6, que nós temos que nos armar com armadura de Deus, para que nós possamos vencer no dia mau, o dia mau vem:

“Por isso, tomai toda armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes.”

Onde está o seu refugio? Qual é o seu arsenal, qual é o seu texto preferido? Qual é o salmo que você se lembra? Qual é o texto de Isaías, “Não temas porque eu sou contigo, eu te ajudo, eu te fortaleço”, isso não é coisa de neopentecostal, isso é coisa de crente, isso é coisa de gente que ama a Bíblia, “eu o Senhor teu Deus sou contigo”.

“Jack estou sendo perseguido no serviço, estão me perseguindo, estão levantando mentiras contra mim”, e o que que tu esta fazendo? Eu estou me lembrando o que disse Isaías que as águas não iriam me afogar, que o fogo não iria me destruir, que o Senhor é comigo, e aí você vai aumentando a tua fé na palavra de Deus. Primeiro lugar então: você quer guerrear contra depressão? Guerreie com a palavra de Deus.

Segundo lugar, faça guerra contra o abatimento, contra a depressão pregando à si mesmo, você vai pregar para você, salmo 42 no verso 3 ao 5, olha o que o salmista está dizendo:

“3. Minhas lágrimas têm sido meu alimento dia e noite, enquanto me dizem a toda hora: Onde está o teu Deus? 4. Derramo a minha alma dentro de mim, ao lembrar-me de como eu guiava a multidão em procissão à cada de Deus, com gritos de alegria e louvor, multidão em festa. 5. Por que estás abatida, ó minha alma, por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, minha salvação e meu Deus”

Esse cara não está bem, vocês concordam comigo? Isso aqui você não lê no café da manhã e não pensa mais nisso no resto do dia, isso aqui é algo sério. O salmista repreende ele, o salmista discute com ele, o salmista briga com ele. Tem um vídeo na internet, é um cara que esta com uma Parati, e ele tem uma escada em cima da Parati, e ele vai abrir a porta de trás da Parati e esse cara invade assim o vidro da Parati, você já viu esse vídeo? Levanta assim “e pá” e quebra assim, o que que aquele cara faz? Ele levanta as mãos para o céu, tipo, ele tá indignado com ele e ele bate palma pra ele: “é isso aí!” e aponta, assim. Ele tá indignado com ele. Ele tá brigando com ele, eu amo gente que briga consigo mesmo. Eu amo, gente, aquele cara, por quê? Porque se fosse um outro cara que tivesse quebrado aquele vidro ali, ele ia fazer a mesma coisa, ele ia bater palma pro cara “bonito! Tu ferrou quase 200 pila agora num vidro!”. Mas, agora aquele cara quebrou o vidro e ele está indignado com ele. A questão é: você fica indignado com você? Você prega pra você? Olha o que o salmista está dizendo: “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que tu te perturbas dentro de mim?” Qual é a exortação? Qual é a repreensão que ele vai dar pra ele mesmo? Olha o que diz o texto: “Espera em Deus.”, tá pregando pra ele. Loide Jhones diz que “devemos falar para o eu e não ouvir o eu”. Você deve pregar para o eu e não deixar o seu eu pregar pra você. Acordou? Vem aquela angústia? É o teu eu pregando pra você mesmo. Você ouve teu eu, teu eu fala. E começa a trazer coisas que provavelmente nunca vão acontecer e você está deixando seu eu pregar pra você. Enquanto a Escritura está mostrando que devo eu pregar pro meu eu. Eu não devo aceitar esses pensamentos que brotam na minha cabeça, de angústia, os abatimentos. O salmista detecta isso e qual é a saída? Porque ele tá perturbado, como diz o Stênio Marcius: “Puxa uma cadeira minha alma, senta, vamos conversar, te lembra daquele que disse, te lembra do Senhor. Senta minha alma. Por que tu tá perturbada? Por que tanta angústia? Espera em Deus. Loide Jhones diz que você precisa tirar esses pensamentos da sua mente logo de manhã, o problema é que os crentes acordam e já pegam o WhatsApp. Não dá! Nunca vai dar deste jeito, você sempre será angustiado. A primeira coisa que você pensa tem que ser na Palavra de Deus. Pega o celular ali e já lê um texto, já lê um Salmos. Cinco versículos, cara! Salmo 15, cinco versículos. Nego, tu lê cinco versículos, cara, em 20 segundos. Menos, até! Pensa, medita nisto e ora, me ajuda, Senhor, e amém. Levanta da cama, veste as botas e segue pro resto do dia. Eu quero deixar aqui que eu não estou falando pra vocês como fazer pra que a depressão não venha, eu tô falando para pessoas que a depressão já veio. Eu pergunto pra você aqui, você deixa o seu eu dominar você? Os pensamentos têm liberdade na sua mente? Acontece o que acontecer na sua mente, a tua mente é “a Bangu”, assim? É livre? Free way? É trânsito indiano. Já viram trânsito indiano? Bota lá no YouTube quando chegar em casa: ”trânsito indiano”, e tu vai ver. A tua mente é daquele jeito? Uma loucura! Parece os caras dirigindo lá em Goiás. Tô brincando, Marco. Que é isso? A sua mente é escrava do seu eu? Você ama ser a vítima? Você gosta disto? Tem mulher que ama ser vítima, tem mulher que ama que o marido sinta pena dela. Que saco! Isso é um saco, né cara? Tem homem que quer ganhar a mulher na pena. Véio, se um dia nós vermos isso aqui na igreja, eu não me responsabilizo, cara. Sabe aqueles caras que querem ganhar a mulher na pena, a guria acha ele um feioso, não quer namorar com ele, mas deixa “Não, mas você não pode olhar para a aparência” parecendo o Slot do Gunnes. Ela não quer você, aí o cara se ajoelha, compra um cartão, compra uns negócio, compra um chocolate, e fala “Ela não te quer, cara! Ela não te quer, cara!”. Tem mulher que quer ganhar do cara na pena também, “Ah mas eu não estou bem, fique comigo”. Não, não casou, não são casados? Para, cara! Você gosta disto? Você gosta de usar de chantagem emocional dentro do teu casamento com tua esposa? Você quer ganhar da tua mulher na pena? A tua mulher tem que ver você como um líder, é como um líder que ela vai te seguir. Não como alguém que ela tem pena, ela não pode ser tua mãe. Um dos maiores desastres é quando a esposa vira uma mãe. Acabou, véio, acabou! Ou quando o marido vira o pai em casa. Ô negão, tu não tá falando com uma filha, é com uma esposa. Você não pode amar ser vítima. Então, em primeiro lugar, como nós lutamos contra a depressão? Em primeiro lugar com a Palavra de Deus, Bíblia, pequeno arsenal. Segundo: Pregando pra si mesmo.

Terceiro e último, faça guerra contra a depressão olhando para Jesus. Jesus é o último argumento. Jesus é o argumento final. Jesus é o último argumento de Deus! Jesus é tipo um Super Trunfo, assim. Tu tá discutindo com um cara, discutindo com ele, brigando, aí o cara fala assim: Jesus fazia assim! Era pra acabar. ERA PRA ACABAR! O cara: “eu não gosto de armas, eu odeio armas, eu…” Jesus tem espada em Apocalipse, acabou! Era pro cara falar: “Pá!! É verdade. Vou lá tirar meu porte.”. Tu tá falando com o cara: “não eu não gosto de vinho, eu odeio vinho, não sei o que…” tu falas assim: João 2, Jesus transformou água em vinho! Não foi em Tang, foi em vinho. E o cara era pra dizer: “Pá! é verdade! Jesus gostava de bebida.”, era pra acabar. Era pra você chegar pra pessoa vegana que diz assim: “Não como carne, eu odeio carne, porque a bíblia é contra a carne e não sei o que…” e você puxa: Pfuu! Jesus fazendo churrasco em João capítulo 20. Gaúcho! Desculpa, o meu Deus faz churrasco. É de peixe, tudo bem, tudo bem. Passa! Mas a Bíblia diz que ele estava fazendo churrasco, na beira da praia. Praiano, ainda! Ouvindo o Jack Johnson. Ele faz churrasco pros outros ainda e eu acho que é mal passado, não sei por que! Churrasco, por favor, por favor não me convide pra comer carne bem passada. Por favor, pare com isso. Pare com isso! Eu não sou judeu, tem que escorrer o sanguinho. Glória a Deus! O cara chega com a carne parecendo uma borracha, come tu isto aí, cara! Come, tu isso aí!!! Não tem um canino aqui embaixo. Já pensou, hein? Os caras discutindo se pode ou não comer, aí tu chega assim: Jesus não comia carne. Era pra acabar a discussão, mas não. Hoje em dia tu fala Jesus, e as pessoas “Ah, mas não sei…”, como assim, não sei? O diabo obedece Jesus! Tu chegas pra um demônio e diz assim: Sai! O demônio vai, o que acontece? O demônio sai. Tu vai orar por uma doença, a doença vai embora. Os crentes não, os crentes são pior que o diabo, pior que a doença, cara. A bíblia fala isto, “Ah, não sei!”. Tá pior que o diabo. Até o diabo sabe que a bíblia diz isto. O último argumento é: como que eu faço guerra contra o abatimento, contra a depressão? Olhando pra Jesus. Olha comigo esse texto em Mateus capítulo 26 verso 37 e 38:

“37. E levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. 38. Então Ele lhes disse: a minha alma está tão triste que estou a ponto de morrer; ficai e vigiai comigo.”

Quem são os caras? Oi! João e Tiago, se tiver dois filhos homens coloca o nome de João e Tiago, vai ser legal, vão te chamar de Zebedeu. Então, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou o quê? “A entristecer-se e angustiar-se”. Nós temos um Deus que se entristece. Nota comigo. O evangelista Joao vai narrar isto aí e ele vai dizer que Jesus está perturbado. John Piper diz que as primeiras ondas do abatimento não são pecado, mas estão quase sempre se tornando em pecado. As primeiras ondas do abatimento, as primeiras ondas do desânimo, as primeiras ondas da depressão elas não são pecado, só que Jesus sabe que elas rapidamente se tornam em pecado, em incredulidade na palavra de Deus. Muitos depressivos estão angustiados porque quando eles imaginam um amanhã, eles não imaginam um amanhã com Jesus. Eles não conseguem conceber que amanhã Jesus vai estar lá cuidando deles. E quando pensam num futuro, pensam num futuro sem o cuidado de Deus e o nome disso é incredulidade.

O quê que Jesus faz nesse contexto aqui? Porque é Deus dizendo: “A minha alma”, a alma de Deus está triste! “Eu estou a ponto de morrer”. Em primeiro lugar o que Jesus vai fazer então? Aqui são três divisões dentro do ponto três, tá bom? Estilo puritano, você já vai entender isso aí. Ultimo ponto do sermão, ponto três do sermão, três pontos dentro deste último ponto. Há um mini sermão dentro de um ponto. Em primeiro lugar, o que Jesus faz? Ele escolhe amigos íntimos: Pedro, Tiago e João, os caras da musiquinha, você sabe, você conhece né? Pedro, Tiago e João é o time de Jesus. Ah, mas eu não acho certo! Não acha certo, tu, mas Jesus tem o time dele, para! Jesus tem uma multidão, depois ele tem setenta, depois ele tem doze, e desses doze ele tem três, que é Pedro Tiago e João! São amigos íntimos de Jesus. Jesus fez Pedro, Tiago e João, mas Ele tem um círculo íntimo com esses caras que ele mesmo fez. Jesus não é apenas um exemplo, Jesus é Deus que se faz homem e morreu em uma cruz pra nos salvar dos nossos pecados, nós não somos contra isso, mas Jesus é também um bom exemplo pra nós, se Jesus, o Deus homem escolheu amigos íntimos, se Jesus que andava com muita gente, mas tinham três caras que eram íntimos dele, por que você se isola? Por que você sofre sozinho? Se Jesus não sofreu sozinho, você nota? Jesus não é um modelo de santidade? Não é santo se isolar, não é santo não abrir o peito. Eu pergunto, quem são seus amigos? Quem você chama de amigo? Quem são as pessoas que você tem como chegadas em sua vida? Quais são as razões que levam você a se isolar? Provérbios cap. 18, verso 1, diz:

“Quem vive isolado busca seu próprio desejo e insurge-se contra a verdadeira sabedoria.”

Aquele que se isola busca interesses egoístas. Jesus não estava sozinho. Aqui nós vemos que não é sábio, nem santo, nos isolarmos. O pecado que nos isola, não a santidade! Então, se eu quero vencer a depressão eu preciso olhar pra Jesus, Jesus escolheu amigos. Em segundo lugar, Jesus abriu o coração pra eles, olha comigo o que diz o verso 38:

“Então ele lhes disse a minha alma está tão triste que eu estou a ponto de morrer, ficai aqui e vigiai comigo.”

Jesus, o Deus encarnado abriu o coração pra eles, abriu o peito. Tá tudo ruim, tá ruim aqui dentro. Tô angustiado, tô triste, tem uma tribulação aqui! Jesus abriu o peito pra eles. O ato de abrir o peito mostra que Jesus tá guerreando contra o pecado. A bíblia diz, Jesus falou antes em João capitulo 14, “Não se turbe o vosso coração”, não fiquem atribulados, não fiquem desanimados, “crede em Deus, crede também em mim”, ou seja, a luta contra a tribulação, contra a angústia do coração é pela fé. A fé não é simplesmente “eu acredito em um ser”, não! A fé é eu depositar nEle, toda minha alegria, eu deposito nele todo o meu amor, toda a minha esperança, ou seja Deus tem fé, porque a alegria de Deus está em Deus. Não como um pecador, não, mas de forma perfeita. O alvo da adoração mostra e revela onde está a nossa fé. O alvo da adoração de Jesus revela onde está a confiança, a alegria de Jesus. Onde está tua alegria, aí está o teu deus. Jesus está fazendo aqui, ele está abrindo o seu coração. Pra quem que você abre o seu coração? Pra quem que você abre o seu peito? Quem pode confrontar você? Quem pode falar com você? Quem? Quem tem acesso ao que se passa com você? Quem é que você procura e abre o seu coração? Eles temem a Deus? Eles vão te ajudar? Ou não? O pecado faz com que você se afaste de quem confronta e ajuda você. A primeira coisa que você fará se você pecar é se afastar de quem leva você pra mais perto de Deus. Eu pergunto: você evita abrir seu coração pras pessoas que podem ajudar você? Você é autônomo? Você é o bonzão? Jesus é fraco, né? Você é o bonzão, você é o bichão, né? Quem ajuda você? Pra quem você abre o peito e diz, tá acontecendo isso, isso e isso..? Eu estou sentindo isso, isso e isso? Não como um pecador, não, mas de forma perfeita. O alvo, o alvo da adoração mostra e revela onde está a nossa fé.

Em terceiro lugar, o que Jesus fez foi orar em parecia. Verso 38, leia de novo: “Então Ele lhes disse, a minha alma está tão triste que eu estou a ponto de morrer!”

Ele falou isso, ele abriu o coração. Agora ele vai fazer um pedido pra eles, orai e vigiai comigo. E eles vão começar a fazer o quê? Vão começar a orar. Jesus pediu oração para eles. O Deus encarnado encontra Deus. O Deus encarnado pediu companhia, você consegue imaginar isso? Por que Deus é um ser que vive em comunidade. Pai, Filho e Espirito. Quando Ele vê as ondas do abatimento vindo, a primeira coisa que esse Deus encarnado faz é querer ser o reflexo da Trindade, agora de forma pratica ali. Fica aqui comigo. O Pai está junto do Filho, o Espírito está junto do Filho, então a natureza de Jesus é comunitária. Ele quer estar congregando ali com eles. Fica aqui comigo. Os caras, os outros estão mais longe. Eu quero vocês mais perto de mim, quero vocês junto comigo. Tá ruim eu tô angustiado, eu não quero ficar sozinho. Fica claro neste texto que abrir o peito, pedir ajuda, não é coisa de gente fraca, abrir o peito, pedir ajuda, chorar diante das pessoas, isso é coisa de gente santa. Isso é coisa de gente que ama Deus. Isso é coisa de gente que quer ver Deus sendo honrado. Isso é coisa de gente que ama Jesus. Eu pergunto pra você esta manhã: você pede ajuda? Você pede parceria? Ou você quer receber? O casamento está sendo destruído e você quer viver de fachada? E homens fazem muito isso, homens vivem de fachada. Mulheres, vocês são mais honestas. Você vai falar com o cara, você vai dizer: “Tá, mentira!”. Estava conversando com o pastor Fábio, e ele me relatou que ele fez aconselhamento com outro pastor. Ele contanto, esse pastor na segunda guerra mundial, na primeira guerra mundial, não havia ainda o Tratado de Genebra, sobre as leis da guerra. Então, o gás tóxico que matava ele não tinha cor. Então o gás matava as pessoas. Sabe que agora tem cor, umas cor lá, e aquilo é um Tratado que houve em Genebra, se eu não me engano em Genebra. Como que os soldados guerreavam na 1ª guerra mundial? Eles vinham com uma gaiola e tinha dentro da gaiola, um pardal. E vinha um cara na frente, invadindo com a arma e com uma gaiola e ele olhando o pardal, quando de repente o pardal caía, ele gritava “gás” e eles botavam as máscaras, por que o pardal é mais sensível e ele morria antes. O pardal é nossas esposas. A gente ainda está de pé, mas às vezes ela não tá mais, já morreu, está destruída. E muitas vezes nós não abrimos o peito para manter uma imagem de que está tudo bem, mas Deus sabe que não está tudo bem dentro da tua casa. E o Senhor sabe, o próprio Jesus, Ele não quis manter imagem nenhuma, a gente está falando aqui de Deus, de Deus, o criador, o mantenedor de tudo, o que sustenta todo aquele mundo ali. Isso aqui não é teatro, isso aqui é de verdade, esse Deus abriu o peito pra eles! Você é chamado para fazer o mesmo aqui, você é chamado a se desnudar da alma diante dos teus irmãos. Pedidos de ajuda não tem nada a ver com fraqueza, tem a ver com santidade. Eu encerro dizendo que é pecado não guerrearmos contra o abatimento, contra a depressão. Não estou dizendo que é pecado ter depressão, não estou dizendo que é pecado ter abatimento. Não estou dizendo que é pecado ter desânimo. Estou dizendo que é pecado não guerrear contra isso. Olha pra mim aqui gente! É pecado não guerrear contra isso. Você peca contra o Senhor quando você se prostra ao abatimento. Quem aqui viu o filme Pearl Harbor? Quem se lembra? Só eu, só mais dois, Ben Affleck, Batman bochechudo, se lembra dele? Se lembra? Pearl Harbor, é os japoneses da 2ª guerra mundial, eles cercam seus aviões, loucos, enlouquecidos, só poder ser. É óbvio que só pode ser oriental fazer um troço desses, eles vão metralhar o porto de Harbor e depois eles vão se jogar. São os kamikazes, são os kamikazes. Se os EUA não respondessem aquele ataque, ficaria claro que o Japão dominou os EUA, e agora os EUA está aliado do Japão. É entendido isso no mundo de guerra quando o país não revida, como quando os comunistas invadem a França, fica claro que a França está rendida, não tem como revidar. Um revide, uma guerra,  mostra que eu não estou do mesmo lado.

Por que você tem que lutar contra a depressão? Por que você tem que deixar claro “eu não estou do lado dela”? Ao não revidar você está dizendo: “me rendi, estamos do mesmo lado agora”, os meus soldados estão com outro exercito. Não! Contra o abatimento, contra a depressão, eles vão vir e isso não é culpa sua, isso vai acontecer. Agora, você tem a obrigação de lutar contra essas coisas. Em primeiro lugar, guerreando com a palavra de Deus, em segundo lugar, pregando para si mesmo e em terceiro e o mais importante, olhando pra Jesus. Jesus passou por isso. A boa noticia é que Jesus venceu o abatimento, Jesus vendeu a depressão, Jesus viu as ondas de depressão vindo contra Ele e venceu, Ele venceu, foi vitorioso. Eu quero dizer uma coisa, eu quero encerrar dizendo uma coisa pra vocês, existe graça para vocês aqui essa manhã, existe perdão, existe graça, o nosso Deus é um Deus que sofreu. Ele sabe o que é angústia. Nós não estamos falando aqui de um Deus grego, caprichoso, um Deus balaqueiro. Nós estamos falando de Jesus, Deus conosco, Deus conosco, Deus conosco, Deus conosco. Como diz o Matthew Henry: Deus conosco e o melhor, a nosso favor. Deus está do nosso lado através de Jesus, Deus é por nós através de Jesus. Deus não está nos odiando mais. Jesus levou a ira de Deus, existe graça de Deus para você aqui esta manhã. Lute contra a depressão. Nós encerramos dizendo que o maior testemunho missional que daremos como igreja, o maior testemunho de missão será a alegria transbordante no nosso meio. Nós precisamos de uma igreja pulsante em alegria, uma empresa que lute contra o abatimento, que lute contra a depressão . Vamos ficar de pé? Vamos orar? Fecha os olhos, fecha os olhos. Eu não vou orar aqui porque “tem que orar depois da pregação”, não! Vamos orar para falar com Deus, por que Deus responde oração. Eu quero que você feche seus olhos e eu quero que você saiba disso, Deus vai ouvir você agora. Que Deus, o criador dos céus e da Terra, aquele que criou, que mantém, que sustenta você, Ele vai ouvir tua oração, por isso nós vamos orar. Fecha os olhos, gente! Fecha os olhos em nome de Jesus. Fecha os olhos, vamos orar todos, confiando no Senhor.

“Amado Senhor, amado Salvador, Deus todo poderoso, criador, mantenedor, justificador, Salvador, diante de Tua presença, mediante o sacrifício de Jesus chegamos, te pedimos que tuas mãos, teus olhos, teu favor estejam voltado aqui pra igreja, Senhor. Olha pra cá, Senhor, nós precisamos de tua atuação em nosso meio, eu prego Senhor, nós presbíteros ensinamos, os lideres de GC, mas se o teu Espirito não fizer nada, nós estaremos a deriva como um barco, Senhor, sem vela, sem leme, sem remo, sem nada, Senhor! Precisamos que o Senhor nos guie, precisamos que tua Palavra venha reverberar dentro de nós. Precisamos, Senhor, que o poder do teu Espírito venha romper a surdez da nossa alma, Senhor. Precisamos que o Senhor fale, goteje a tua doutrina, fale o Evangelho dentro da nossa alma. Ah, Divino Espírito, sou um pregador falho, limitadíssimo, mas o Senhor é todo poderoso, o Senhor pode pegar esses pães, esses peixes e alimentar o teu povo aqui esta manhã, no nome de Jesus, sacode a nossa vida, Senhor. Sacode as nossas estruturas, Senhor. Não permita que a apatia venha tomar conta das nossas vidas, mas que venhamos olhar para a cruz do Senhor, para o teu sangue, para a tua salvação. Viemos lembrar de tudo que o Senhor é por nós através de Jesus e viemos nos alegrar nisso, por favor, Senhor, por favor, Senhor. Enche, derrama o teu Espírito aqui essa manhã, Senhor. Quebra nossas vidas, Senhor. Existe às vezes em nosso meio, Senhor, muita formalidade, meu Deus. Ó Deus. Ó Deus, de que adianta nos reunirmos e fazermos reuniões no automático se Senhor Deus não ungir o sermão, se o Senhor Deus não ungir o que cantamos! Vem sobre nós, Divino Espírito. Vem sobre nós, ascende uma paixão consumidora por Jesus, pelo poder do nome do Senhor. Essa minha irmã que está lutando contra a depressão, esse meu irmão que já pensou em suicídio, fortalece ele, Senhor. Fortalece ela, Senhor. Fortalece tua filha, fortalece o teu filho que está desesperado, no nome de Jesus. No nome de Jesus. No poder do nome de Jesus. Nós confiamos por que o Senhor veio e venceu. O Senhor encravou a depressão na cruz. O Senhor humilhou a depressão, o Senhor venceu a depressão e nós estamos com o Senhor. No nome de Jesus oramos e te agradecemos. Amém!”

Pastor Jackson Jaques

4 de março de 2018